Região do Canadá declara estado de emergência para acompanhar o eclipse

A região de Niágara, na província canadense de Ontário, onde estão localizadas as famosas Cachoeiras do Niágara, decretou estado de emergência em preparação para um eclipse solar total que ocorrerá em 8 de abril deste ano.

Por Alerta Rosário em 02/04/2024 às 06:42:38

O eclipse solar ocorre quando a Lua se posiciona entre a Terra e o Sol, bloqueando parte significativa da luz solar e escurecendo o céu temporariamente.

Niágara será um dos melhores locais no Canadá para testemunhar o eclipse solar total, e está se preparando para receber milhares de visitantes.

O estado de emergência, iniciado na semana passada, foi declarado pelo governo da região para garantir que Niágara possa receber e acomodar os visitantes de forma segura e eficiente.

Numerosos estabelecimentos permanecerão fechados durante o dia do eclipse para evitar congestionamentos nas estradas.

Além disso, a maioria das escolas e muitos serviços de saúde ficarão fechados em 8 de abril. O governo recomendou à população que abasteça seus veículos com combustível, faça compras e adquira itens de primeiros socorros antes do dia do eclipse.

As autoridades alertaram sobre a possibilidade de longas filas e grandes multidões. Durante as viagens no dia 8, os motoristas devem evitar parar seus veículos nas estradas para tirar fotos ou observar o eclipse.

É essencial utilizar equipamentos adequados, como óculos de proteção solar certificados para observar o eclipse. Óculos de sol comuns não oferecem proteção suficiente contra danos oculares.

Os danos causados à retina ao olhar diretamente para o sol são permanentes e irreversíveis. Na província de Ontário, o eclipse está previsto para ocorrer por volta das 15h.

Embora o eclipse solar total não seja visível do Brasil, a Agência Aeroespacial dos Estados Unidos (NASA) transmitirá ao vivo o fenômeno.

Segundo o Observatório Nacional, o eclipse lunar pode ser observado de qualquer lugar onde a Lua esteja visível, mas o eclipse solar é visível apenas em uma faixa específica da Terra.

Recentemente, um eclipse penumbral foi observado no Rio Grande do Sul pelo Observatório Heller & Jung. Durante esses eventos, a Lua não é completamente obscurecida, mas passa pela penumbra da Terra, causando uma leve diminuição na sua luminosidade.

Os eclipses solares totais ocorrem aproximadamente a cada 18 meses, mas, devido à sua visibilidade limitada, parecem ser eventos raros. Segundo a NASA, o próximo eclipse solar total visível nos Estados Unidos ocorrerá em agosto de 2044.

No Canadá, a província de Quebec testemunhará o próximo eclipse solar total daqui a cerca de 80 anos, em 2106, de acordo com a Agência Espacial Canadense (CSA). A última vez que a região viu esse fenômeno foi em 1972.

Entretanto, o próximo eclipse solar total em escala global não está tão distante. Em agosto de 2026, observadores na Espanha, uma parte de Portugal, Rússia, Islândia e Groenlândia terão a oportunidade de testemunhar o fenômeno.

Leia Também: Agência Espacial Europeia faz brincadeira de 1º de abril e publica foto sobre formato da Terra




Fonte: www.noticiasaominuto.com.br

Tags:   Mundo
Comunicar erro

Comentários