Mãe de Jeff Machado diz que filho pagou para tentar chance na TV; suspeito trabalhou na Globo

A morte do ator Jeff Machado continua sendo investigada e, de acordo com Jairo Magalhães, advogado que representa a família do artista, existe uma linha de investigação que aponta que Jeff estava sendo enganado com promessas de entrar em uma novela.

Por Alerta Rosário em 29/05/2023 às 23:31:41

A morte do ator Jeff Machado continua sendo investigada e, de acordo com Jairo Magalhães, advogado que representa a família do artista, existe uma linha de investigação que aponta que Jeff estava sendo enganado com promessas de entrar em uma novela. Maria das Dores, mãe do ator, afirmou ao "Fantástico" que o filho chegou a fazer pagamentos buscando uma chance em uma novela. Bruno de Souza Rodrigues, um dos suspeitos no caso, é ex-funcionário da Globo. A mãe de Jeff contou que o filho citou que conhecia “um moço que tinha um trabalho na televisão” e que ele poderia “citar o nome dele para ser chamado mais rápido”. “Ele chegou a pagar a princípio R$ 12 mil, depois R$ 2 mil porque tinha que fazer uma filmagem, mais R$ 2 mil para não sei o que, e ele acreditou. Quando você tem um sonho e ele é tão forte em você, a impressão é que você fica cego para a realidade”, declarou Maria. Bruno, que se dizia amigo do ator, trabalhou na Globo até 2018, quando foi demitido. A emissora declarou em nota que "forneceu à polícia os detalhes do desligamento".

Jeff foi dado como desaparecido em janeiro deste ano. A mãe do ator, que mora em outro Estado, começou a desconfiar que algo estava estranho porque o filho parou de fazer chamadas de vídeo e as mensagens que ela recebia pareciam ser escritas por outra pessoa. A confirmação do desaparecimento veio após os cachorros do artista, por quem ele era apaixonado, serem encontrados abandonados. Ao todo, ele tinha oito cães, sendo que um morreu e um segue desaparecido. Os outros seis foram resgatados por uma ONG. O corpo de Jeff foi achado no último dia 22 de maio dentro de um baú enterrado em uma casa na zona oeste do Rio de Janeiro. "É sub-humano uma mãe fazer uma viagem para o Rio de Janeiro para buscar um filho que foi assassinado com tanta maldade", declarou Maria. "É uma coisa cruel, macabra, enterrar a dois metros de profundidade com cimento em cima. Por que tanta maldade?", acrescentou. Em nota enviada previamente à Jovem Pan, a Polícia Civil do Rio de Janeiro informou em nota que "diligências seguem para apurar a autoria e a motivação do crime, e esclarecer os fatos". O ator, que participou da novela "Reis", da Record TV, tinha 44 anos.

Fonte: Jovem Pan

Comunicar erro

ComentĂĄrios